domingo, 23 de setembro de 2012

SABÃO DA COSTA

     
     Sempre foi muito comum o uso do sabão da costa nas casas de umbanda e candomblé, a
 fins de limpeza espiritual. Mas afinal, de que é feito e para que serve este sabão?
      A origem do Sabão da Costa é a Costa do golfo da Guiné, em África. Naquela zona do Globo é também conhecido por Osé Dudu. É muito utilizado em rituais — tanto na África como no Brasil — nos Cultos Afro-Brasileiros, nos banhos e também para lavar todo o material ritualístico a fim de tirar toda a energia deixada por quem manuseou anteriormente esses objetos.

      É um sabão sólido, de cor escura e o perfume é amadeirado, feito com ervas medicinais. A sua composição original é com banhas e cinzas de ervas, mas muitos Axés, preparam o seu próprio Sabão da Costa utilizando uma base de glicerina, água e algumas das seguintes ervas: nó de pinho, óleo de coco, benjoim, juá, macassá, levante, tapete de Oxalá, manjericão, saião, capeba, alfazema, alecrim, peregun, pitanga, colónia, rosa branca, aroeira. Porém outros Terreiros de Umbanda utilizam na sua composição: aroeira, arruda, guiné e espada de São Jorge.

     Fontes antigas indicam que o seu uso vem desde a época de 1620, quando já era importado para o Brasil, pois era o preferido dos escravos e libertos.
     Além da sua função de descarrego de energias negativas  promove uma profunda limpeza corporal. Atua também no combate a caspa, cravos, espinhas, manchas escuras, comichão e fungos do couro cabeludo. É também muito eficaz  no controle do suor.
      Utilizado antes de dormir, o seu banho propicia uma limpeza profunda, descarregando os maus fluídos absorvidos durante o dia, proporcionando assim um sono tranquilo.

3 comentários:

  1. Quero saber como adquirir este sabonete da costa; os que encontro deixam uma água preta que deixa o box todo escuro.

    ResponderExcluir
  2. Onde compro o legítimo porque o que tenho comprado e' totalmente diferente e sem cheiro algum.Tem como fazer em casa?

    ResponderExcluir